Pé de mulher

Pé de moleque, pé de cabra, pé de meia, pé de mesa, são conhecidos e citados na literatura. Enquanto pé de mulher, que considero sua parte mais sensual é pouco ou nada exaltada. Tenho escrito e postado imagens no meu blog "Pé de moça", há vários anos, e é considerado um dos blogs mais sensuais da blogosfera. Feitas essa breves considerações passo a transcrever um trecho da página 183 do livro "O fim da história" da escritora norte-americana Lydia Davis. O texto por si só se explica:
"Eu não me via particularmente como uma mulher. Não sentia que tinha um gênero particular. Mas num restaurante, um dia, quando sentei e apoiei o pé de sandália na beira de uma cadeira, um estranho veio conversar comigo e voltou para seu lugar, e mais tarde, quando estava saindo, passou por mim e se abaixou para tocar meus dedos nus. Para minha surpresa, fui forçada a passar de um jeito de ser a outro. Quando retornei para o jeito de ser anterior, eu não era bem a mesma."
Se esse gesto fosse praticado nos intolerantes dias atuais o indivíduo seria acusado de assédio sexual, e não tratado como um gentil e simpático galanteador.

Literatura

Nanocrônica
A mulher anda, despudoradamente, com os pés nus, e depois reclama de assédio.
(Um podólatra)